28 de dezembro de 2017

Cai Chuva...

Cai chuva, cai
traz-me a minha infância
e com ela o odor do molhado
sobre a terra e os musgos verdejantes
bem como a solidão da minha aldeia
e a melancolia dos dias sombrios
aquecidos à lareira...

by mghorta


Perdido!

Passado!

Queria subir ao monte com tudo o que tenho guardado,
queria ter forças imaginárias para tal fardo levar comigo
tão pesado que duvido ter as forças necessárias para isso,
passam anos e o monte está intangível que o topo não vejo,
recuei ao passado procurar forças e perdi noção do tempo,
e agora como subir?

by mghorta


Inacabado!

Verbo inacabado
ou verbo prenhe,
tom das folhas amareladas
chuviscadas com chuva,
serei eu ou não sou!

by mghorta (mamasàsolta)

24 de dezembro de 2017

Tons Diurnos!

Minha solidão esta madrugada levou-me
até aos descampados verdes onde o sonho pairou
entre as folhas testemunhos de momentos verdes
lugar de tons diurnos repousados em sombras
com segredos nossos e a lembrança daquele beijo.

by mghorta


  




Medos!

Vivo entre a alma e os dedos,
cultivando mágoas e Solidões
entrelaçados em medos.
Vivo perdido por entre mãos
sussurrantes como aves feridas
nas escolhas das folhas Outonais
vivo entre a alma e o que não sei.

by mghorta 



Raízes!

Perdi a noção e o manual das instruções do meu tempo, 
permitindo-me a ser único como ser vivo na Terra,
com isso me esqueço de voar embora tendo um coração alado, 
esqueci que não possuo Raízes fincadas na ponta de meus pés. 

by mghorta